Estratigrafia de Sequências de alta-resolução

impacto na performance de produção de recursos naturais e estocagem de C, H e poluentes

Apoio

Logomarca SGB - Sociedade Brasileira de Geologia
Este é um curso metodológico e prático baseado em dados sísmicos, poços, testemunhos e afloramentos. Os exercícios objetivam a elaboração de arcabouços cronoestratigráficos que destacam a compartimentação vertical e lateral e as heterogeneidades dos reservatórios, bem como os impactos na performance de produção. Esta abordagem utilizada pela indústria do petróleo é também aplicada para otimização da produção de outros recursos naturais, estocagem de C e H, e injeção de poluentes.
Tipo de curso: AULAS ON-LINE (05 dias, 40 horas)

Turma 01: 10 - 14/ABRIL (Português)(Encerrado)

Turma 02: 17 - 21/JULHO (Português)

Turma 03: 23 - 27/OUTUBRO (Inglês)

Turma 04: 06 - 10/NOVEMBRO (Português)

Valor: R$3.750

20% de desconto

no pagamento antecipado,
conforme formulário de inscrição.

Sócio adimplente SBG com 10% de desconto.

* Valores exclusivos para residentes no Brasil.
Field Course in from advanced level

Porque a estratigrafia de sequências de alta-resolução é tão importante?

A indústria do petróleo utiliza vários softwares avançados para o processamento e interpretação geofísica, modelos geológicos 3D, simulação do fluxo de fluidos e ajuste da produção histórica. Entretanto, se não combinado com interpretações estratigráficas ajustadas, o uso deste ferramental apenas não é suficiente para proteger o negócio.

Frequentemente, feições geológicas mal representadas ou negligenciadas podem comprometer a atratividade econômica de um ativo porque geram expectativas de produção com baixa previsibilidade ou incapazes de reproduzir a produção histórica. Um dos fatores mais importantes que impactam a qualidade da caracterização dos reservatórios é a sua compartimentação. Esta é efetivamente tratada através da estratigrafia de sequências.

Desta forma, o arcabouço cronoestratigráfico contribui para o cálculo do volume de hidrocarbonetos, os controles sobre a conectividade e a compartimentação dos reservatórios, e a distribuição das fácies deposicionais e suas propriedades petrofísicas em volumes 3D, por exemplo. Esta mesma abordagem é utilizada para a produção de outros recursos naturais, estocagem de C e H, e injeção de poluentes.

Reservatórios lateral e verticalmente desconectados, Chapada Diamantina, Brasil.

Objetivos

Ao completar este curso os participantes devem:

Zoneamento de reservatórios baseado na estratigrafia de sequências de alta resolução

Conteúdo

É um curso prático baseado em dados sísmicos, de poços, testemunhos e afloramentos. Os participantes são incentivados a praticar o método da estratigrafia de sequências através de exercícios baseados na identificação de padrões de empilhamento e superfícies estratigráficas de alta resolução.

Os exercícios se concentram em propor um arcabouço cronoestratigráfica de alta resolução que destaque a compartimentação dos reservatórios (conectividade e heterogeneidades laterais e verticais) e o impacto na performance da produção.

Quem deve participar

Geólogos, geofísicos e engenheiros que trabalham na exploração e produção de hidrocarbonetos e outros recursos naturais, com estocagem de C e H, e injeção de poluentes.

Instrutor


Inscrição

Estratigrafia de Sequências de alta-resolução

impacto na performance de produção de recursos naturais e estocagem de C, H e poluentes

Apoio

Logomarca SGB - Sociedade Brasileira de Geologia

Turma 02

Data: 17 - 21/JULHO :: Idioma: Português :: Inscrição até 10/JULHO

20% de desconto

no pagamento até 19/JUNHO.

Turma 03

Data: 23 - 27/OUTUBRO :: Idioma: Inglês :: Inscrição até 09/OUTUBRO

Turma 04

Data: 06 - 10/NOVEMBRO :: Idioma: Português :: Inscrição até 30/OUTUBRO

20% de desconto

no pagamento até 06/OUTUBRO.